Integração Sensorial aplicada à criança com Disfunção Neuromotora

HISTÓRICO

Ministrado desde 2004, o Curso Integração Sensorial aplicada à criança com Disfunção Neuromotora, com carga horária de 24 horas/aula é realizado de forma intensiva durante três dias com aulas teóricas, experimentação dos equipamentos da Integração Sensorial, apresentação de vídeos, demonstrações práticas diárias com pacientes e desenvolvimento de idéias junto com os alunos/ terapeutas para que estes sejam capazes de planejar estratégias adequadas aos seus pacientes. Neste curso, o terapeuta descobrirá inúmeras possibilidades de recursos terapêuticos que o ajudarão no seu dia a dia com seus pacientes.  Um aspecto a ser considerado é que os conceitos da Integração Sensorial podem ser utilizados em pacientes que demonstrem quaisquer disfunções sensoriais, mesmo não apresentando uma disfunção neuromotora.

 

 

JUSTIFICATIVA

A criança se desenvolve e descobre o mundo através da exploração do ambiente. Sensações como visão, audição, tato e movimento obtidas através dos sistemas sensoriais são interpretadas e, consequentemente, são elaboradas respostas ou reações a essas sensações. A esse processamento e organização das sensações pelo cérebro chamamos de Integração Sensorial.

 

Esse processo ocorre de forma natural na maioria das pessoas. Porém, para algumas crianças, a integração sensorial não se desenvolve como deveria, podendo levar a problemas de aprendizagem, desenvolvimento ou comportamento. Nesses casos, a terapia através da abordagem da integração sensorial se torna necessária.       

 

Tal abordagem foi desenvolvida por Jean Ayres (Terapeuta Ocupacional) inicialmente para disfunção de aprendizagem. Atualmente, os recursos dessa abordagem também têm sido utilizados com grande eficiência em pacientes neurológicos, visto que muitos deles demonstram disfunções sensoriais associadas a disfunções motoras.

 

 

OBJETIVOS

Fornecer ao terapeuta  informações técnicas sobre a abordagem de integração sensorial e sua aplicação prática nas crianças com disfunção neuromotora. O profissional será capaz de utilizar os mais variados recursos disponíveis, em múltiplas combinações, de acordo com as necessidades e possibilidades do indivíduo/paciente.

 

É importante ressaltar que, durante o curso, associaremos a abordagem da integração sensorial ao “Conceito Neuroevolutivo Bobath”, uma vez que o tratamento básico da criança com disfunção neuromotora se baseia nesse conceito de tratamento.

 

 

CARGA HORÁRIA

24 Horas (18 horas de Teoria + 6 horas de prática).

 

LOCAL

Av. 28 de setembro, 44/608 – Vila Isabel – Rio de Janeiro - RJ